Febre reumática –O que é, Causas, sintomas e tratamento

A febre reumática é uma doença potencialmente grave que pode ser causada por infecção estreptocócica. É mais comum em crianças e adolescentes, mas adultos também podem ser afetados. Os sintomas da febre reumática podem incluir dor nas articulações, febre, erupção cutânea, gânglios linfáticos inchados e problemas cardíacos. Embora não haja cura, ela pode ser tratada com sucesso com antibióticos e outros medicamentos. Nesta postagem do blog, discutiremos as causas, sintomas e tratamento da febre reumática, bem como como preveni-la.

O que é febre reumática?

A febre reumática é uma doença inflamatória que pode afetar o coração, as articulações, a pele e o cérebro. É causada por uma infecção da garganta com um tipo específico de bactéria chamada Streptococcus. A doença pode ocorrer depois que alguém teve uma infecção estreptocócica na garganta. A infecção desencadeia uma resposta imune anormal no corpo, que causa inflamação de vários órgãos. Os sintomas mais comuns da febre reumática incluem febre, dor e inchaço nas articulações, erupções cutâneas e falta de ar. Outras complicações mais graves incluem danos às válvulas cardíacas, que podem levar a problemas de longo prazo, como insuficiência cardíaca congestiva. O tratamento geralmente inclui antibióticos para tratar a infecção estreptocócica subjacente, bem como medicamentos anti-inflamatórios para ajudar a reduzir a inflamação no corpo. A febre reumática é mais comum em crianças entre 5 e 15 anos.

Sintomas da febre reumática

A febre reumática é uma condição inflamatória que pode ocorrer como uma complicação de uma infecção estreptocócica na garganta. É uma condição séria e pode ter efeitos duradouros se não for tratada.
O principal sintoma da febre reumática é a dor nas articulações. As articulações ficarão inchadas, sensíveis e doloridas, especialmente quando forem movidas. Outros sintomas comuns incluem febre, fadiga, dores de cabeça, erupções cutâneas, dores de estômago e dor de garganta.

Febre reumática
Febre reumática


Em casos mais graves, a febre reumática pode causar problemas cardíacos, como inflamação do músculo cardíaco (miocardite) ou inflamação das válvulas cardíacas (endocardite). Essas complicações podem levar a sopros cardíacos, dor no peito, falta de ar e batimentos cardíacos irregulares. Em casos raros, pode até ser fatal.
É importante procurar ajuda médica caso sinta algum desses sintomas, pois a febre reumática pode se tornar muito grave se não for tratada. O seu médico pode confirmar se você tem ou não febre reumática e fornecerá o tratamento necessário.

Causas da febre reumática

A febre reumática é uma doença inflamatória causada por uma reação autoimune a uma infecção na garganta pela bactéria Streptococcus. Quando um indivíduo tem uma infecção estreptocócica na garganta, seu corpo pode responder erroneamente atacando seus próprios tecidos saudáveis, incluindo válvulas cardíacas e articulações.
Essa resposta autoimune pode ser desencadeada não apenas por infecções estreptocócicas na garganta, mas também por infecções de pele, amigdalite e outras infecções respiratórias. Embora qualquer pessoa possa contrair febre reumática, ela é mais comum em crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos, especialmente se vivem em condições superlotadas ou insalubres. A falta de higiene, que pode facilitar a propagação dos germes, também pode aumentar o risco de febre reumática.
Além desses fatores ambientais, existem alguns fatores genéticos que podem aumentar o risco de desenvolver febre reumática. As pessoas que têm familiares com histórico de febre reumática têm maior probabilidade de desenvolvê-la.
É importante notar que a febre reumática não pode ser transmitida de pessoa para pessoa. Ela se desenvolve apenas como resultado da reação do próprio indivíduo a uma infecção na garganta ou na pele.

Tratamento da febre reumática

O tratamento da febre reumática visa controlar os sintomas, prevenir qualquer dano ao coração e reduzir o risco de recorrência. Dependendo da gravidade da condição, o tratamento pode envolver medicamentos, mudanças no estilo de vida e cirurgia.
O principal medicamento usado para tratar a febre reumática são os antibióticos. Eles geralmente são prescritos por um período mínimo de 10 dias para reduzir o número de bactérias no corpo e prevenir novos episódios de febre reumática. Os antibióticos comumente usados ​​incluem penicilina e eritromicina. Em alguns casos, a aspirina também pode ser prescrita para reduzir a inflamação e a dor.
Fazer mudanças saudáveis ​​no estilo de vida pode ajudar a melhorar os sintomas e prevenir novos episódios de febre reumática. Isso inclui fazer exercícios regularmente, comer uma dieta balanceada, dormir adequadamente, reduzir o estresse e evitar gatilhos como resfriados e outras infecções. Também é importante garantir que todos os membros da família estejam com as vacinas em dia, principalmente a imunização contra a infecção estreptocócica.
Em casos graves de febre reumática, pode ser necessária cirurgia para corrigir danos nas válvulas cardíacas. Este procedimento, conhecido como cirurgia de substituição da válvula, pode ajudar a restaurar o fluxo sanguíneo normal através do coração e melhorar os sintomas. Além disso, cuidados médicos contínuos e mudanças no estilo de vida são essenciais para a recuperação a longo prazo da febre reumática.

Prevenção da febre reumática

Prevenir a febre reumática requer evitar as bactérias que a causam. A melhor maneira de fazer isso é praticar uma boa higiene e evitar o contato com alguém com faringite estreptocócica. Também é importante tratar a faringite estreptocócica de forma imediata e completa quando ela ocorrer.
Além disso, uma boa higiene dental é importante para prevenir a febre reumática. Escove os dentes duas vezes ao dia e use fio dental uma vez ao dia para ajudar a prevenir a cárie dentária, que pode causar infecções na garganta.
Se você tiver contato próximo com alguém com faringite estreptocócica, pode tomar antibióticos como medida preventiva. Isso pode reduzir o risco de contrair a bactéria.
Finalmente, a imunização pode ajudar a prevenir a febre reumática. Uma vacina está disponível em muitos países que pode proteger contra as bactérias que causam infecções na garganta.

Know More

Perguntas frequentes sobre febre reumática

O que é febre reumática?

A febre reumática é uma doença inflamatória que afeta as articulações, coração e outros tecidos do corpo. É uma complicação de uma infecção estreptocócica não tratada.

Quais são os sintomas da febre reumática?

Os sintomas da febre reumática incluem febre, dor e inchaço nas articulações, dor no peito, fadiga, erupção cutânea, perda de apetite e falta de ar.

O que causa a febre reumática?

A febre reumática é causada por uma infecção estreptocócica na garganta que não foi tratada. É causada por um tipo de bactéria chamada Streptococcus pyogenes.

Como é tratada a febre reumática?

O tratamento para febre reumática geralmente envolve antibióticos para tratar a infecção estreptocócica subjacente e medicamentos anti-inflamatórios para reduzir a inflamação e a dor associadas à doença.

Existe alguma maneira de prevenir a febre reumática?

Sim, a melhor maneira de prevenir a febre reumática é obter tratamento imediato para qualquer dor de garganta ou infecções estreptocócicas. O diagnóstico e o tratamento precoces podem ajudar a prevenir o desenvolvimento da febre reumática.

A evidência científica é caracterizada pela sua natureza empírica, apoiando-se em observações e dados mensuráveis ​​para apoiar ou refutar hipóteses. O método científico, uma abordagem sistemática de investigação, orienta os pesquisadores na formulação de questões, na condução de experimentos e na obtenção de conclusões. Esta metodologia garante que os resultados sejam repetíveis, verificáveis ​​e sujeitos a revisão pelos pares, promovendo a transparência e a fiabilidade.