O nariz escorrendo comum: causas e tratamento

Um corrimento nasal é um sintoma muito comum que muitos de nós experimentamos de vez em quando. Pode ser irritante e dificultar a concentração ou mesmo passar o dia. Nesta postagem do blog, discutiremos o que é um corrimento nasal, suas principais causas e como tratá-lo. Também veremos algumas medidas preventivas que podem ajudá-lo a evitar o corrimento nasal. Com o conhecimento e as ferramentas certas, você pode se livrar de um nariz escorrendo de forma rápida e fácil.

O que é um nariz escorrendo?

O nariz escorrendo é uma condição comum na qual as passagens nasais produzem uma quantidade excessiva de muco, fazendo com que ele escorra pela parte de trás da garganta. O nariz escorrendo pode ser causado por uma variedade de fatores, incluindo alergias, resfriados ou até mudanças climáticas. Pode causar espirros, congestão e gotejamento pós-nasal. Pode ser claro e aguado ou espesso e turvo. Também pode ser acompanhada por dor de garganta, tosse e outros sintomas. Em alguns casos, o corrimento nasal pode se tornar crônico, dificultando o controle.

Principais causas de nariz escorrendo

As principais causas de coriza podem variar, mas geralmente são causadas por infecções virais ou bacterianas. Essas infecções podem ser leves ou graves e podem afetar pessoas de todas as idades. Causas comuns de coriza incluem resfriado comum, alergias, infecções sinusais e certos medicamentos.
Resfriado comum: O resfriado comum é um vírus que causa congestão, coriza, espirros e dor de garganta. É muito contagioso e pode se espalhar por contato direto ou por gotículas no ar de uma pessoa infectada tossindo ou espirrando.

nariz escorrendo
nariz escorrendo


Alergias: As alergias são uma causa comum de coriza. As reações alérgicas ocorrem quando seu corpo identifica erroneamente uma substância inofensiva como prejudicial e produz anticorpos para combatê-la. Gatilhos comuns incluem pólen, ácaros, pêlos de animais, mofo e certos alimentos.
Infecção sinusal: Uma infecção sinusal é uma infecção nos seios da face, que são cavidades cheias de ar localizadas no crânio atrás dos olhos e do nariz. As infecções sinusais podem causar inflamação nas passagens nasais, levando a coriza, congestão, tosse e dores de cabeça.
Medicamentos: Certos medicamentos também podem causar coriza. Esses medicamentos podem incluir descongestionantes, anti-histamínicos e certos inaladores usados ​​para tratar asma ou alergias.
Em alguns casos, o nariz escorrendo pode ser causado por fatores ambientais, como temperaturas frias, ar seco e fumaça. Nesses casos, o corrimento nasal deve desaparecer quando a exposição parar.

Tratamento

Quando se trata de tratar um corrimento nasal, o objetivo principal é se livrar da causa subjacente. Em muitos casos, isso envolverá o tratamento de alergias ou resfriados.
Se você estiver resfriado, pode usar medicamentos de venda livre, como descongestionantes e anti-histamínicos, para aliviar os sintomas. No entanto, é importante seguir as instruções do rótulo e não tomar mais do que o recomendado.
Se o seu nariz escorrendo for causado por alergias, você pode tomar anti-histamínicos para reduzir os sintomas. Além disso, você também pode fazer mudanças no estilo de vida, como evitar alérgenos ou usar um purificador de ar. Você também pode consultar um alergista se suas alergias forem graves ou persistentes.
Em alguns casos, o nariz escorrendo pode ser causado por uma infecção, como sinusite ou faringite estreptocócica. Se este for o caso, seu médico pode prescrever antibióticos.
Se o seu corrimento nasal não melhorar com nenhum desses tratamentos, talvez seja necessário consultar um médico para avaliação e exames adicionais.

O nariz escorrendo pode ser um sintoma do COVID-19?

O nariz escorrendo é um dos sintomas mais comuns associados a um resfriado ou gripe, mas também pode ser um indicador do COVID-19. De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o corrimento nasal é listado como um dos sintomas potenciais do coronavírus, juntamente com febre, tosse e falta de ar. É importante observar que ter corrimento nasal não significa necessariamente que você tenha COVID-19, pois esse sintoma pode ser causado por várias outras doenças.
Também é possível que o nariz escorrendo seja o resultado de alergias. Se você sentir corrimento nasal e outros sintomas comuns do COVID-19, é importante falar com seu médico ou profissional de saúde sobre suas preocupações. Seu médico pode recomendar que você faça o teste de COVID-19 para determinar se você tem ou não o vírus.
Se você estiver com o nariz escorrendo, é importante praticar uma boa higiene para evitar a propagação de quaisquer germes. Isso inclui lavar as mãos regularmente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, evitar contato próximo com outras pessoas e usar máscara facial quando estiver em locais públicos.

Know More

Perguntas frequentes nariz escorrendo?

Quais são os sinais de coriza?

Um corrimento nasal é geralmente caracterizado por secreção nasal clara ou colorida, espirros, congestão, coceira e olhos lacrimejantes.

Quais são as causas do nariz escorrendo?

A causa mais comum de coriza são alergias, infecções, resfriados, sinusite e gripe. Outras causas possíveis podem incluir irritantes como fumaça, ácaros, odores fortes e vapores químicos.

Como posso me livrar de um nariz escorrendo?

Tratar um corrimento nasal depende de sua causa subjacente. Medicamentos de venda livre, como descongestionantes, anti-histamínicos e sprays nasais, podem ajudar a reduzir a congestão e outros sintomas. Enxágües nasais salinos também podem ajudar a diluir o muco e limpar as passagens nasais.

O nariz escorrendo pode ser um sintoma de COVID-19?

Sim, o nariz escorrendo é um dos principais sintomas do COVID-19. Outros sintomas podem incluir febre, tosse, fadiga e perda de olfato ou paladar. Se sentir algum destes sintomas, é importante procurar aconselhamento médico o mais rapidamente possível.

O que devo fazer se o meu nariz escorrendo não melhorar?

Se o corrimento nasal não melhorar depois de tentar tratamentos de venda livre por alguns dias, ou se você desenvolver qualquer outro sintoma, é importante procurar orientação médica.

A evidência científica é caracterizada pela sua natureza empírica, apoiando-se em observações e dados mensuráveis ​​para apoiar ou refutar hipóteses. O método científico, uma abordagem sistemática de investigação, orienta os pesquisadores na formulação de questões, na condução de experimentos e na obtenção de conclusões. Esta metodologia garante que os resultados sejam repetíveis, verificáveis ​​e sujeitos a revisão pelos pares, promovendo a transparência e a fiabilidade.